Fundação Lemann
Language

Série LGE: Avaliação ajuda a melhorar gestão do ensino no município de Socorro

Sem comentários
Compartilhe: Google Plus Twitter Facebook

Tânia apresenta o programa de avaliação de Socorro no 4º Seminário LGE – Desdobramentos

O uso de dados na gestão educacional é decisivo para obter diagnósticos precisos e para traçar metas claras de melhoria do aprendizado. Foi esse princípio, muito reforçado em todos os Seminários Líderes em Gestão Escolar, que norteou o município de Socorro na criação da AURES (Avaliação Unificada do Rendimento Escolar de Socorro). O sistema de avaliação, próprio do município, ajudou a Secretaria a conhecer em detalhes o patamar de aprendizagens dos alunos das Escolas Municipais de Ensino Fundamental. No Seminário LGE-Desdobramentos, a assessora pedagógica do município, Tania Maria Mathias da Luz, contou sobre a experiência.

A AURES tem como objetivos principais identificar fatores que interferem no desempenho dos alunos, definir estratégias adequadas para sanar os eventuais problemas detectados pela avaliação, estabelecer metas e implementar medidas pedagógicas e administrativas capazes de contribuir efetivamente para a melhoria da qualidade do ensino.

O projeto está sendo desenvolvido desde 2007 nas escolas de Ensino Fundamental e envolve 1000 alunos e 70 profissionais. Todo o processo é coordenado pela Assessoria Pedagógica que elabora e aplica as avaliações em todas as turmas do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental. O planejamento, elaboração e execução do projeto, estão sendo feitos de forma democrática e participativa, envolvendo desde os alunos até a Diretora Municipal de Educação.

Segundo Tânia, a palestra da consultora da Fundação Lemann, Paula Louzano, no 4º Seminário Líderes em Gestão Escolar, deu segurança à equipe que coordena o projeto. Mas outras mesas também foram relevantes: “O 4º Seminário Líderes em Gestão Escolar nos ajudou muito. Por meio das discussões e ideias do evento, definimos alguns pontos que nortearam o projeto como diagnosticar alunos com dificuldade de aprendizagem, realizar mudanças de estratégias visando a melhoria de aprendizagem dos alunos, valorizar a carreira do magistério e melhorar a educação com o desenvolvimento global do educando”, conta a assessora.

 

Veja AQUI a apresentação do município de Socorro

Série LGE

A cada semana, contaremos iniciativas das redes municipais de ensino de São Paulo que, de alguma forma, foram influenciadas pelos temas e palestrantes do 4º Seminário Líderes em Gestão Escolar. Esses relatos são o resultado do desafio que a Fundação Lemann propôs aos dirigentes presentes no encontro fevereiro.

A proposta era que os dirigentes relacionassem ou implementassem um projeto a partir das mesas apresentadas no seminário. Essa iniciativa também resultou em um novo encontro. Seis municípios foram selecionados para apresentar seus projetos para os seus pares.

Deixe uma resposta

Arquivo

Cadastre-se para receber as novidades da Fundação Lemann

cadastre-se

Fale conosco: contato@fundacaolemann.org.br