Conteudo Cabeçalho Rodape

Saiba mais

Devido a pandemia do novo coronavírus, escolas de todo Brasil foram fechadas para preservar a saúde de estudantes e funcionários. Ao longo desses três meses, a Fundação Lemann e diversas outras organizações somaram esforços para minimizar os prejuízos à educação, buscando viabilizar ferramentas para que crianças e adolescentes sigam aprendendo, ainda que remotamente. 

Para compreender melhor o impacto da pandemia na educação, encomendamos, ao lado do Itaú Social e Imaginable Futures, uma pesquisa com o Datafolha. Entre os dias 18 e 29 de maio, 1.028 pais ou responsáveis por 1.518 crianças e jovens matriculados nos ensinos Fundamental e Médio em todo o Brasil foram ouvidos por telefone. A pesquisa tem margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Lucas Rocha, gerente de inovação da Fundação Lemann, comenta como os dados coletados podem ajudar a compreender o enorme esforço desempenhado pelas redes públicas de educação em todo o Brasil, além de entender melhor as principais problemáticas e, a partir disso, traçar estratégias de avanço. “A pesquisa chama nossa atenção para problemas estruturais da educação brasileira que precedem a situação de pandemia, como o abismo digital existente entre crianças e jovens com e sem acesso a internet de qualidade e dispositivos como computadores e celulares", conclui.

Confira a seguir alguns pontos levantados no estudo:

  1. 74% dos alunos da rede pública recebem atividades EAD;
  2. 84% dos alunos da rede pública se dedicam mais de uma hora por dia aos estudos em casa;
  3. 82% das crianças e adolescentes estão realizando a maioria das atividades propostas;
  4. 54% dos pais ou responsáveis veem motivação das crianças e jovens;
  5. 52% dos alunos na região Norte receberam atividades escolares na pandemia;
  6. 92% dos alunos na região Sul receberam algum tipo de atividade pedagógica não presencial;
  7. 23% dos estudantes estão com dificuldades nas atividades não presenciais por conta do acesso à internet.


Para ter acesso à pesquisa na íntegra, baixe o material ao lado. 

Cadastre-se para baixar o conteúdo e receber por email.