Conteudo Cabeçalho Rodape

Por que a Fundação Lemann apoia educação?

Porque a educação é transformadora. Jorge Paulo Lemann, sua família e a equipe da Fundação Lemann acreditam que um Brasil feito por todos e para todos começa pela educação, que ela é um direito de todos e nós escolhemos trabalhar com a educação pública para que alunos de norte a sul do país tenham oportunidades de sonhar e chegar cada vez mais longe. Nossas motivações são ver os alunos aprendendo, os professores sendo valorizados e o Brasil resolvendo seus grandes desafios sociais.

Quais os principais projetos em educação da Fundação Lemann?

Apoiamos diversos projetos de educação pelo Brasil. O Formar, por exemplo, trabalha junto às redes públicas de ensino para melhorar a aprendizagem dos alunos. O PARC promove parcerias entre estados e municípios para garantir a alfabetização na idade certa. Também apoiamos um grupo de professores, chamado Conectando Saberes,  com cerca de 600 educadores de todo o Brasil, para que eles possam trocar boas práticas, desafios e se fortalcerem. Outro grupo que apoiamos, os Talentos da Educação, é composto por profissionais da área comprometidos em transformar o país e que juntos contribuem para cada membro ir mais longe. Por fim, também contribuímos para algumas políticas públicas que visam melhorar a educação como a BNCC (Base Nacional Comum Curricular) e o programa Educação Conectada.

Por que a Fundação Lemann apoia a Base Nacional Comum Curricular (BNCC)?

Acreditamos que todos os alunos e alunas, independentemente da região onde vivem ou de sua condição socioeconômica, têm o direito de aprender. É isso que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) busca garantir ao definir o conjunto de competências e habilidades essenciais (ou conjunto de aprendizagens essenciais) de cada etapa da vida escolar - da Educação Infantil ao Ensino Médio. 

A Base funciona como uma espinha dorsal para outras políticas importantes e ajuda a garantir um maior alinhamento entre os currículos, os materiais didáticos, a formação dos professores e as avaliações - o que é essencial para um bom aprendizado em sala de aula. Todos os países do mundo com bons resultados em educação, de Singapura à Noruega, têm uma base comum. 

Além disso, a Base ajuda os pais e a sociedade a cobrar a qualidade de ensino das escolas e dos governos porque fica claro aquilo que os alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental têm direito de aprender ao final de cada ano, em cada componente. 

Saiba mais aqui.

A Fundação Lemann financiou a BNCC?

Não, a Base Nacional Comum Curricular não foi financiada por nenhuma empresa, governo ou organização da sociedade civil. Ela é um consenso em diversos setores da sociedade e governos e foi aprovada por ter se mantido como prioridade do Ministério da Educação por diversos anos.

O processo de construção da BNCC foi participativo?

Sim. A Base é lei e faz parte do Plano Nacional de Educação. Sua primeira versão foi redigida em 2015 e passou por uma consulta pública com mais de 12 milhões de contribuições - sendo que metade delas veio de 45 mil escolas. Na segunda versão, em 2016, o Consed e a Undime organizaram seminários estaduais em todo o Brasil. Uma nova rodada de consulta pública aconteceu em 2017, quando o Conselho Nacional de Educação ouviu a opinião do Brasil por meio de novos seminários regionais. Também vale lembrar que durante todo esse tempo a BNCC passou por diversos governos, partidos e ministros da educação. Isso significa que a BNCC é uma política de estado e não de governo. Uma política que existe para assegurar os direitos de aprendizagem de todos os alunos. Saiba mais aqui.

De que maneiras exatamente a Fundação Lemann apoia a BNCC?

A Fundação Lemann é a secretaria-executiva do Movimento pela Base, um grupo plural e suprapartidário, formado por 65 pessoas físicas e 11 instituições que trabalham pela educação brasileira. O papel do Movimento é garantir a qualidade da Base Nacional Comum Curricular. Entre as atividades do Movimento apoiadas pela Fundação Lemann estão: produzir conhecimento e disponibilizar insumos técnicos para órgãos governamentais e para o debate público em geral; facilitar a participação e contribuição de especialistas nacionais e internacionais no debate; dar apoio para engajar e ampliar participação social no processo; acompanhar e apoiar a execução do plano nacional de implementação da BNCC (ProBNCC).

O que a Fundação Lemann não faz no apoio à BNCC?

Não recebemos dinheiro público. Não comercializamos cursos, consultorias, materiais didáticos e recursos pedagógicos alinhados à BNCC. A Fundação Lemann não é dona de escolas.

A Fundação Lemann é fundadora do Movimento pela Base?

A Fundação Lemann é uma das fundadoras, oferece apoio financeiro, participa ativamente e é a secretaria-executiva do Movimento pela Base, um grupo plural e suprapartidário, formado por 65 pessoas físicas e 11 instituições que trabalham pela educação brasileira. O papel do Movimento é garantir a qualidade da Base Nacional Comum Curricular.

Qual a relação da Fundação Lemann com a Nova Escola?

A Fundação Lemann é a mantenedora da Associação Nova Escola e Gestão Escolar desde 2015. As plataformas têm liberdade editorial e nossa parceria é para que a opinião dos professores e gestores escolares tenham cada vez mais espaço no debate sobre educação.

Veja mais sobre a Fundação Lemann

ver todas as publicações