A Campus Party, principal feira de tecnologia, inovação e empreendedorismo realizada no Brasil, oferece em 2018 um atrativo a mais para quem se interessa pela área de educação: o espaço Educação do Futuro, em que alunos e educadores podem participar, gratuitamente, de oficinas de robótica, linguagem de programação e outras atividades.

O grande foco do espaço são as crianças de 4 a 17 anos. “A gente está investindo muito, através da parceria com o MIT. A ideia é que possa dar atividades para o jovem que ainda não tem idade para estar na arena. Ele verá robótica e fazedores, que vão formar e aperfeiçoar os educadores”, disse Tonico Novaes, diretor geral da Campus Party, em entrevista para a Agência Brasil.

A parceria com o MIT de que fala o diretor se dá por meio da Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa, ligada ao MIT Media Lab (do Instituto de Tecnologia de Massachusetts) e apoiada pela Fundação Lemann. A rede é composta por profissionais interessados na implementação de ambientes educacionais mais “mão na massa”, criativos e interessantes nas escolas, universidades, espaços não formais de aprendizagem de todo o Brasil.

Palestras e outros destaques

Muitas serão ainda as palestras realizadas, com temas como “Cases sobre aprendizagem criativa nas escolas públicas”, “Hackeando a educação pública”; “Espaços não formais de aprendizagem” e um painel da revista Nova Escola. Confira toda a programação clicando aqui. Haverá ainda as “YouTube Edu Sessions”, palestras que serão realizadas no espaço e transmitidas pelo YouTube Edu, canal do YouTube que conta com a parceria da Fundação Lemann e oferece aulas de altíssima qualidade em diversas disciplinas.

Um dos grandes destaques da feira, como todos os anos, é um espaço criado para impulsionar jovens empresas. Para se ter uma ideia da dimensão da iniciativa, este ano, foram selecionadas 120 startups, em fases desde embrionária até as mais avançadas.

A TRON Robótica Educacional também está presente no espaço, oferecendo atividades de robótica educativa, gamificação e tecnologias de apoio à gestão da educação em escolas. Já o Centro Paula Souza oferecerá oficinas de robótica e linguagens de programação, com destaques para a batalha de robocode, na qual cada equipe deverá traçar uma estratégia para batalhar online.

Expectativas

A edição paulista da feira espera, este ano, mais de 100 mil visitantes e 12 mil “campuseiros”, como são conhecidos os participantes do evento. Haverá edições da feira ainda em abril, na cidade de Natal (RN); em maio, na Bahia; em junho, em Brasília (DF); e em setembro, em Belo Horizonte (MG).

O evento, que acontece 24 horas por dia, tem lugar no Pavilhão de Exposições do Anhembi, de 31 de janeiro a 4 de fevereiro. O espaço tem 77,7 mil metros quadrados, dividido em três pavilhões, e conta com nove palcos.

Com informações do site da Campus Party e da Agência Brasil

Temas

Educação

Veja mais sobre a Fundação Lemann

ver todas as publicações