Conteudo Cabeçalho Rodape

Por um Brasil que acredita nas pessoas e por pessoas que acreditam no Brasil é, para a Fundação Lemann, mais que uma frase de efeito. Há quase 20 anos, temos empenhado esforços e dedicado toda a nossa atenção, trabalho e cooperação para garantir transformações consistentes para o país em duas frentes: Educação pública de qualidade para todos e Lideranças bem preparadas, engajadas e em condições de contribuir para a resolução de grandes desafios do país. Como resultado, hoje trabalhamos em parceria e articulados com outras organizações da sociedade civil, governos, empreendedores sociais, pesquisadores e acadêmicos. 

A Rede de Líderes que apoiamos conta, atualmente, com quase 600 lideranças de perfis variados e atuando em diferentes setores e temas, com gente interessada em fazer a diferença para o Brasil. Como um movimento natural, parte dessas lideranças têm optado por candidaturas a posições de governo e cargos no legislativo. É gente interessada em fazer muito pelo país e que vê valor na diversidade de ideias e na cooperação com outros, por isso, interessam-se e fazem parte da rede. E, para aderirem à ela, têm que se comprometer com um Código de Conduta

Abaixo, detalhamos o que fazemos e o que não fazemos no relacionamento com governos e órgãos públicos, bem como nosso posicionamento e o posicionamento que baliza as ações das lideranças que fazem parte da rede na relação com a Fundação Lemann, especialmente considerando o contexto eleitoral.

Ressaltamos que a Fundação Lemann é uma organização familiar, sem fins lucrativos, apartidária e independente. Dialogamos e cooperamos tecnicamente com todos os governos e partidos dentro do espectro democrático. As redes e programas de lideranças que apoiamos são pautadas pela pluralidade, diversidade, disposição ao diálogo e compromisso ético e intelectual com as evidências.

O que fazemos e o que não fazemos:

Atuamos em diálogo com o amplo espectro de interlocutores no campo democrático para a construção de caminhos para o Brasil. Não endossamos nenhuma visão ideológica ou partidária.

Seguindo o que prevê a Lei federal nº 9.790/1999, que diz que não é permitido que as organizações da sociedade civil de interesse público participem de campanhas de interesse político-partidário ou eleitorais, sob quaisquer meios ou formas:

  • Não apoiamos e nem apoiaremos nenhum partido político, coligação, candidato ou campanha eleitoral, mesmo de membros de nossas redes e programas de desenvolvimento.  

  • A Fundação Lemann não autoriza o uso de seu nome e/ou marca (logotipo) em nenhum material de campanha eleitoral.

  • O envolvimento e a manifestação política de cada um dos nossos colaboradores no processo político-eleitoral é de responsabilidade individual e não representa o posicionamento institucional da Fundação Lemann. Nenhum dos colaboradores da Fundação Lemann está autorizado a participar de peças (vídeos, imagens para redes sociais, entrevistas para veículos jornalísticos etc.) de campanha ou acessórias às campanhas em nome da Fundação Lemann. 

  • A Fundação Lemann não fará nenhum tipo de divulgação de campanha e/ou candidatura, mesmo entre os membros de nossas redes e programas de desenvolvimento.

  • Lideranças apoiadas pela Fundação Lemann não podem usar a imagem e/ou nome de Jorge Paulo Lemann ou qualquer outro membro de sua família para fins eleitorais e políticos, nem relacioná-los a movimentos, partidos, organizações e/ou figuras políticas.

Considerando os pontos acima mencionados, em caso de outras dúvidas ou se quiser saber mais sobre a nossa atuação, continuamos sempre à disposição para dialogar. Escreva para a gente.

Veja mais sobre a Fundação Lemann

ver todas as publicações