Conteudo Cabeçalho Rodape

Nos dias 20 e 21 de junho, em São Paulo, a Fundação Lemann teve a oportunidade de celebrar com os parceiros envolvidos e especialistas responsáveis o início dos estudos clínicos para a vacina ChAdOx1 nCoV-19, liderada globalmente pela Universidade de Oxford. Aos mil testes já financiados pela Fundação Lemann, somam-se mais mil testes, viabilizados agora pela parceria com Fundação Brava e Fundação Telles. O estudo no Brasil já prevê também testes no Rio de Janeiro, onde estão sendo viabilizados pela Rede D'or.

Em São Paulo, os estudos clínicos estão sob responsabilidade do Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE), da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), na liderança da Dra. Lily Yin Weckx e com o apoio da Dra. Sue Ann Costa Clemens, responsável pela articulação que colocou o Brasil como o primeiro a integrar a fase de testes para além do Reino Unido.

Há um caminho importante a ser percorrido agora pelos especialistas antes de podermos celebrar bons resultados. O que virá depois, ainda não sabemos. Enquanto isso, o foco da Fundação Lemann está em acompanhar a iniciativa. Há muitas pessoas e organizações trabalhando colaborativamente para o sucesso e, junto delas, esperamos dar nossa contribuição para que a pandemia seja superada, com foco e atenção ao Brasil e sua gente, nosso maior compromisso.

Atenciosamente,
Denis Mizne e equipe Fundação Lemann

Veja mais sobre a Fundação Lemann

ver todas as publicações