Mais de 330 mil crianças devem ser beneficiadas no maior programa para alfabetização da história de Pernambuco. O estado acaba de lançar o Criança Alfabetizada, uma iniciativa que faz parte do PARC (Programa de Alfabetização em Regime de Colaboração), realizado com a parceria da Fundação Lemann e Instituto Natura, assim como apoio e conhecimento técnico da Associação Bem Comum.

O Criança Alfabetizada nasceu para melhorar a qualidade do ensino e os resultados de aprendizagem dos alunos. A ação terá ênfase em Língua Portuguesa e Matemática e deve acontecer em parceria com os 184 municípios pernambucanos.

Fortalecimento de gestão, formação de gestores e professores, avaliação de estudantes, incentivo às escolas, engajamento dos municípios e material complementar para o processo de alfabetização são os eixos estratégicos do programa.

Evento do governo de Pernambuco para o lançamento do Criança Alfabetizada aconteceu em 11 de junho

“O Programa quer garantir o direito de todas as crianças de serem alfabetizadas na idade certa, ou seja, até os sete anos de idade. Estamos vivendo um momento histórico na educação de Pernambuco. ”
Fred Amancio, secretário de Educação e Esportes do Estado de Pernambuco

“Educação básica de qualidade é um direito de todas as crianças. Garantir a alfabetização na idade certa, possibilita a evolução do aprendizado dos estudantes, seu desenvolvimento futuro e amplia suas oportunidades de vida. Por isso, estamos muito felizes em fazer parte desta iniciativa.”
Daniela Caldeirinha, diretora de projetos da Fundação Lemann

"Com base em nossa experiência, a colaboração entre estados e municípios tem se mostrado o modelo mais eficaz para garantir a melhoria contínua nos resultados da rede de ensino. Para nós, é motivo de orgulho acompanhar e poder contribuir com o compromisso que Pernambuco firma por meio do programa Criança Alfabetizada.”
David Saad, Diretor-presidente do Instituto Natura

Temas

Educação

Veja mais sobre a Fundação Lemann

ver todas as publicações