O Colégio São Vicente de Paulo, em Niterói (RJ), foi um dos vencedores do concurso “Viajantes Literários”, da Árvore de Livros em parceria com a Editora Global. Como prêmio, os alunos participaram de um bate-papo com a escritora Marina Colasanti, autora de livros como "Uma Ideia Toda Azul", vencedor do prêmio O Melhor para o Jovem, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, e “Breve História de um Pequeno Amor”, vencedor do Prêmio Jabuti em 2017. 

Marina Colasanti Árvore de Livros
Fonte: Árvore de Livros.

Maior plataforma de leitura digital do Brasil, a Árvore de Livros está presente em centenas de escolas e bibliotecas espalhadas por todo o país. O projeto foi criado em 2013 pelo administrador João Leal, que faz parte da rede Talentos da Educação e participou do Start-Ed, iniciativas da Fundação Lemann.

A plataforma permite que estudantes tenham acesso ilimitado a milhares de livros em celular, tablet ou computador a qualquer hora e lugar, sem fila de espera. Além do acervo digital diversificado e atraente, o projeto também oferece suporte pedagógico aos educadores, relatórios que possibilitam acompanhar de perto a leitura efetiva de cada aluno e projetos que estimulam o hábito da leitura entre crianças e jovens.

Já o Prêmio Viajantes Literários veio complementar e dar divulgação à plataforma, com objetivo de estimular a leitura e a produção textual de estudantes, gerar conhecimento sobre a literatura infantojuvenil e reconhecer professores e escolas engajadas na missão de melhorar os índices de leitura do Brasil. 

Recepção calorosa

Para receber a escritora, o colégio preparou seu ginásio e concedeu prêmios também a seus alunos mais envolvidos com literatura. Uma banda formada pelos estudantes garantiu o som com um repertório de clássicos da música brasileira. A escola também ganhou uma sala interativa, que recebeu o nome de… advinha? Sala Marina Colasanti!

Com informações do Blog Árvore de Livros

Temas

Educação

Veja mais sobre a Fundação Lemann

ver todas as publicações