Conteudo Cabeçalho Rodape

A Rede Conectando Saberes, uma iniciativa da Fundação Lemann, divulgou em webinar realizado na noite de quarta-feira (12) os resultados da pesquisa Vozes Docentes, na qual 8,7 mil professores de 87 municípios da rede municipal de ensino responderam a um questionário dividido em seis eixos temáticos: participação política; educação na pandemia (ensino remoto e reabertura de escolas); formação de professores; diagnóstico de defasagens e plano de reforço escolar; saúde mental e clima escolar; e adequação e priorização do currículo. Acesse aqui os principais dados da pesquisa.

Logo na abertura do evento, que contou com a participação da diretora de Educação da Fundação Lemann, Camila Pereira, e da coordenadora da Conectando Saberes no DF, professora Gina Vieira, foi ressaltada a importância da parceria e do diálogo entre gestão pública e educadores.

Camila Pereira e Gina Vieira abriram o webinar Vozes Docentes
Fonte: Reprodução/YouTube.

“A gente sabe que, no contexto de pandemia, não conseguimos fazer tudo o que precisávamos, muito em função de um processo histórico de abandono da educação pública”, afirmou a professora Gina. “Se os professores tiveram dificuldade de usar as tecnologias para chegar aos estudantes, isso se deve a lacunas nas políticas públicas de inclusão digital de professores e de estudantes”.

Camila Pereira lembrou a necessidade de reatar a confiança entre os atores da educação no Brasil: “Hoje, muitas vezes, a gente ainda vê secretarias e professores se vendo como se estivessem em campos opostos. E são justamente os professores que podem ou não concretizar na sala de aula as medidas da secretaria”, disse. “Precisamos reconstruir relações de confiança dos dois lados. Não existe parceria nem comunicação efetiva sem relação de confiança.”

No Painel de Discussão sobre ensino público de qualidade, participaram a presidente executiva do Todos Pela Educação, Priscila Cruz, o secretário municipal de Educação e Esporte de Caruaru (PE), João Cêpa, e o presidente da Undime, professor Luiz Miguel. Eles foram unânimes em apresentar o engajamento do professor em todos os processos para o sucesso na implementação de políticas públicas.

Com mediação do coordenador da Conectando Saberes em Volta Redonda (RJ), professor Luis Felipe Nóbrega, o Painel de Discussão contou com as presenças de Priscila Cruz, professor Luiz Miguel e João Cêpa
Fonte: Reprodução/YouTube.

“A implementação das políticas educacionais é de ‘cauda longa’. São muitos agentes envolvidos”, afirmou Priscila Cruz. “E cada um deles, em tese, pode barrar totalmente o processo. A gente realmente precisa do engajamento de todos”.

A implementação da BNCC em todo o território nacional também foi tema de debate, e o professor Luiz Miguel reforçou a sua importância: “É muito importante que os professores sejam voz junto conosco, com quem participa e faz educação nesse país, que a gente diga em alto e bom som: ‘nós precisamos implementar’”.

João Cêpa lembrou que o tempo de planejamento das aulas precisa estar previsto na carga horária dos educadores: “O planejamento é a base de uma ação docente eficiente. O professor é o elemento chave da engrenagem”.

No encerramento do webinar, a diretora geral da FGV CEIPE, Cláudia Costin, apresentou alguns caminhos para a cooperação entre secretarias e docentes. “Se os professores, com boas práticas, trabalharem juntos com a política educacional em rede, a gente transforma a educação.”

E ressaltou a importante conexão dos professores com seus alunos, principalmente na pandemia:  “O que vocês têm que fazer é serem uma luz que ilumina um caminho. Vocês descobriram uma maneira de se conectar melhor com a profissão de vocês, com os alunos de vocês, e de construir uma educação significativa”.

Cláudia Costin encerrou os debates, com a mediação do secretário de Educação de Novo Horizonte (SP), Ademir Almagro
Fonte: Reprodução/YouTube.

Temas

Educação

Veja mais sobre a Fundação Lemann

ver todas as publicações