Estão abertas as inscrições para o Desafio Aprendizagem Criativa Brasil, uma iniciativa da Fundação Lemann em parceria com o MIT Media Lab, o laboratório de inovação do Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados Unidos. A ideia é selecionar projetos — produtos, novas tecnologias, serviços — que tenham potencial para transformar a Educação no Brasil e para torná-la mais mão na massa, significativa, colaborativa e lúdica.  

Além de uma bolsa, os selecionados no Desafio participarão de eventos de inovação na educação, receberão acompanhamento semanal para desenvolver seus projetos ao longo de 2018 e passarão uma semana no MIT Media Lab para conversar com professores da universidade e visitar escolas que desenvolvem projetos inovadores nos Estados Unidos. 

"O Desafio Aprendizagem Criativa Brasil permite que pessoas de diferentes trajetórias se unam em uma poderosa troca de ideias", diz Daniela Caldeirinha, gerente da Fundação Lemann responsável pelo projeto. "Na edição passada, apoiamos iniciativas que transformaram a aprendizagem de centenas de alunos. Estamos certos de que esse ano não será diferente". 

As inscrições vão até o dia 9 de fevereiro e podem ser feitas no site: http://bit.ly/AprendizagemCriativa2018

Inovação que faz a diferença
Esta é a segunda edição do Desafio Aprendizagem Criativa Brasil. A primeira aconteceu em 2017 e selecionou oito projetos vindos de todas as regiões do país. O Mattics, criado pelo professor goiano Greiton Toledo de Azevedo, é um deles. Utilizando a plataforma Scratch, alunos dos Ensinos Fundamental e Médio desenvolvem jogos que aliam matemática e programação. Com isso, eles aprendem matemática de forma mão na massa e divertida, fortalecem o gosto pela disciplina, desenvolvem o pensamento lógico e a habilidade de trabalhar em grupo.

A iniciativa deu tão certo que acabou extrapolando os limites da escola. Hoje os jogos desenvolvidos no Mattics são usados em hospitais públicos de Goiás para ajudar no tratamento de idosos portadores da Doença de Parkinson.  

"O apoio dado pelo Desafio foi fundamental para o desenvolvimento do Mattics. A formação que recebemos nos Estados Unidos foi muito rica: debatemos e compartilhamos  ideias, nos aprofundamos no uso do Scratch e fomos constantemente encorajados a darmos continuidade aos nossos projetos", conta Greiton, que também foi vencedor do Prêmio Educador Nota 10 2016. "Além disso, com o aporte financeiro que recebemos, pudemos construir um estúdio de matemática, equipado com todos os materiais necessários, em uma escola pública". 

FOTOS: https://photos.app.goo.gl/lFz8OohCeuyzRpDz2

Créditos das fotos: 

  • visita ao MIT: Fundação Lemann

  • projeto Mattics: Milenna Medrado

Sobre a Fundação Lemann

Fundada em 2002 pelo empresário Jorge Paulo Lemann, a Fundação Lemann é uma organização familiar sem fins lucrativos. Sua missão é atuar com iniciativas de grande impacto para ajudar a garantir uma aprendizagem de qualidade a todos os alunos e formar de uma rede de líderes que resolvam os problemas sociais do país.

Sobre o MIT Media Lab

Fundado em 1980, o MIT Media Lab é um centro de inovação do Massachusetts Institute of Technology (MIT), uma das universidades mais renomadas dos Estados Unidos. Em sua quarta década de existência, o Media Lab estuda e busca reinventar a forma que utilizamos a tecnologia, e também como ela pode nos ajudar. 

Assessoria de Imprensa Fundação Lemann
assessoriadeimprensa@fundacaolemann.org.br
(11) 3897-9566

Temas

Veja mais sobre a Fundação Lemann

ver todas as publicações