A Fundação Lemann e o Google.org anunciaram uma parceria especial para professores do Brasil inteiro. O projeto é uma plataforma digital, liderada pela Associação Nova Escola, que oferecerá milhares de planos de aulas digitais, vídeos e outros materiais para ajudar professores de todo o país a criar experiências de aprendizado mais ricas para seus estudantes. 

Esse será o primeiro conjunto de recursos pedagógicos alinhados à Base Nacional Comum Curricular (BNCC), política pública que busca organizar mais claramente quais são as habilidades e os conhecimentos essenciais que todos os alunos têm direito de aprender em sua vida escolar.

O projeto, que será viabilizado por uma doação de R$ 15,8 milhões do Google.org, braço filantrópico do Google, foi anunciado durante o “Google for Brasil”, evento realizado em São Paulo. A doação integra um compromisso de dois anos e US$ 50 milhões anunciado pelo Google para apoiar organizações sem fins lucrativos que estão desenvolvendo soluções tecnológicas para preencher as lacunas em educação e aprendizado no mundo todo. Nove instituições no mundo, incluindo a Nova Escola, foram selecionadas para essa primeira etapa.

Jorge Paulo Lemann
Jorge Paulo Lemann comunica a parceria com o Google.org durante o evento Google For Brasil, em São Paulo

Equipe qualificada

Para executar esta iniciativa, a Nova Escola pretende reunir os melhores professores de todo o Brasil. Cada plano de aula desenvolvido incluirá dicas e orientações desse time de professores, diminuindo assim os desafios de preparar boas aulas e incorporando altas expectativas sobre o que deve ser ensinado - tudo isso alinhado à experiência de quem conhece profundamente os desafios da sala de aula. 

Os materiais estarão disponíveis por meio de uma plataforma digital com aplicativo móvel gratuito projetado para funcionar mesmo onde a conectividade ainda é lenta. O impacto estimado é de que o projeto atinja um milhão de professores de todo o Brasil nos próximos cinco anos.

“O objetivo é reduzir os desafios dos educadores na tarefa de ensinar, buscando assegurar que todos os estudantes brasileiros tenham oportunidades iguais de aprender, o que realmente pode contribuir para o avanço do Brasil.”  Denis Mizne, diretor executivo da Fundação Lemann.

Ao fazer o anúncio, Fábio Coelho, presidente do Google Brasil, enfatizou a necessidade de reduzir a lacuna existente entre os estudantes que têm acesso à tecnologia dentro de sala de aula e os que não têm. “Nós esperamos que esse projeto ajude a empoderar professores com conteúdo tecnológico de qualidade que irá apoiá-los na entrega de uma boa instrução para estudantes em todo o Brasil”, afirmou o executivo.

Fabio Coelho e Jorge Lemman
Fabio Coelho (presidente do Google Brasil) e Jorge Lemann, durante Google For Brasil, em 2017

Temas

Educação

Veja mais sobre a Fundação Lemann

ver todas as publicações