Conteudo Cabeçalho Rodape

Texto atualizado em 22/05/2020


A Fundação Lemann, que já atua em prol da garantia da educação pública e de qualidade para todos e todas há quase vinte anos, sabe que este é um momento delicado para todos os que se preocupam com o futuro do Brasil e de sua gente. Para garantir esse futuro, a Covid-19 tem exigido a todos ação, ainda mais compromisso e velocidade de resposta. Todas as iniciativas nas quais temos trabalhado diretamente ou com as quais estamos envolvidos, seguem obrigatoriamente os seguintes princípios:

• Educação remota não é solução, mas é política de redução de danos e deve ser considerada.
• Tecnologia é meio e não fim - nada substitui o professor, a vivência social e o ambiente de desenvolvimento individual e coletivo proporcionado pela escola.
• Tecnologia é uma excelente maneira de viabilizar o acesso, escalar bons recursos e dinamizar as possibilidades de personalização do ensino, seja ele presencial e com o preparo e a orientação do professor, seja em contextos desafiadores e atípicos como o atual.
• Nem um aluno para trás: cuidar da garantia e acesso a oportunidades de aprendizagem agora é também seguir trabalhando pela redução das desigualdades entre alunos pobres e ricos, de escolas públicas e privadas
• Foco em garantir a saúde e a segurança de alunos, corpo docente e corpo administrativo das escolas é fundamental para garantir também o retorno presencial mais breve possível às escolas.
• A Fundação Lemann não comercializa absolutamente nenhum serviço e não obtém nenhum tipo de lucro ou retorno financeiro por meio de seu trabalho, acordos de parceria e termos de cooperação - nunca e, portanto, também não nas iniciativas de Educação em tempos de Covid-19.

A partir dessas premissas de trabalho, a Fundação Lemann está atuando nas seguintes iniciativas em Educação no contexto Covid-19:

Em apoio ao trabalho do Ministério da Educação, do Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação) e da Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação), a Fundação Lemann tem ainda ajudado a articular uma dezena de outras organizações e empresas de telecomunicações para disponibilizar o acesso dos alunos a videoaulas gratuitas. O conteúdo está sendo organizado por disciplinas e séries letivas, e será transmitido via canais de televisão educativos. Além disso, ideia é que as aulas estejam, em breve, também disponíveis para acesso gratuito na internet, via computador de mesa ou smartphone, diversificando as oportunidades de acesso. Também nesta frente, a Fundação Lemann tem trabalhado incessantemente para mobilizar empresas de telecomunicações para a oferta gratuita de dados móveis destinados ao acesso a essas plataformas e recursos pedagógicos. Mais detalhes e as novidades que estão sendo trabalhadas e serão lançadas em breve, você acompanha no site da Fundação Lemann e seus canais sociais.

Para redes de ensino estaduais e municipais, em parceria com a Imaginable Futures, a Fundação Lemann lançou um edital aberto, de inscrição voluntária por parte das redes. Cinco redes públicas de ensino foram  selecionadas para receber suporte técnico ao longo de dois meses (com possibilidade de renovação). O apoio será personalizado conforme o cenário e as necessidades específicas de cada rede e o planejamento de todas as ações será feito com a participação e envolvimento das equipes de cada rede. O objetivo é fortalecer a aprendizagem dos alunos no período em que se encontram fora das escolas, estruturando e viabilizando ações de ensino remoto. O programa será estruturado em cinco fases: 1. Diagnóstico dos desafios e condições de cada rede de ensino selecionada; 2. Planejamento das ações para ensino remoto; 3. Apoio à implementação das ações planejadas; 4. Acompanhamento e aprimoramento das ações em curso; 5. Sistematização e divulgação das ações, facilitando o compartilhamento de práticas efetivas com outras redes interessadas.

Por fim, sabemos que não apenas os alunos estão sendo afetados neste momento. Toda a comunidade escolar - secretarias de educação, pais e responsáveis pelos alunos, gestores e professores, profissionais da zeladoria e merenda - está sendo severamente impactada e segue ainda buscando compreender como lidar com o momento. Nosso trabalho é apenas uma gota no oceano de desafios que se impõem sobre a educação neste momento, mas temos trabalhado com o compromisso de que seja uma gota significativa na redução das desigualdades de acesso às oportunidades educacionais entre alunos pobres e ricos, de escolas públicas e privadas. Todos e todas merecem ter seu direito a aprendizagem garantido. Nada substitui uma boa aula presencial e a convivência social proporcionada pela escola, nada substitui o trabalho do professor. São medidas de redução de danos, ao mesmo tempo em que seguimos juntos na busca pela proteção às vidas, à saúde e o retorno de todos com segurança às escolas  o mais breve possível.

Conheça melhor cada uma de nossas iniciativas, histórico de apoio ao fortalecimento do trabalho de redes públicas de ensino e situação de cada programa no contexto Covid-19.

Qualquer dúvida, comentário ou sugestão, escreva para: contato@fundacaolemann.org.br

Novidades e andamento de cada uma dessas iniciativas podem ser acompanhadas também nos canais sociais da Fundação Lemann.

Atenciosamente,
Denis Mizne e equipe Fundação Lemann

Temas

Educação

Veja mais sobre a Fundação Lemann

ver todas as publicações